/Vídeos mostram tensão de passageiros à espera de resgate em navio à deriva

Vídeos mostram tensão de passageiros à espera de resgate em navio à deriva

O resgate dos cerca de 1.300 passageiros em um cruzeiro que está à deriva no mar da Noruega é marcado por tensão devido a condições climáticas desfavoráveis. Dentro do navio, o clima também é de apreensão à espera do resgate, conforme revelam vídeos e fotografias publicados em redes sociais por passageiros (veja abaixo). Ventos e chuvas fortes prejudicam os trabalhos, que envolvem ao menos cinco helicópteros.

Os vídeos mostram cadeiras, mesas e partes da estrutura interna do navio caindo ou se deslocando enquanto passageiros aguardam o resgate. Nas imagens, uma parte do teto da embarcação cai sobre a cabeça de uma passageira, causando nervosismo e apreensão.

Outro vídeo mostra os passageiros aglomerados em um local, vestindo coletes salva-vidas e aguardando o resgate.

De acordo com o jornal norueguês “VG”, a equipe de resgate enfrenta ondas de 8 m e ventos de quase 70 km/hora. O navio Viking Sky está próximo da cidade de Alesund, a cerca de 370 km da capital Oslo.

Segundo a emissora norueguesa de TV e rádio “NRK”, os passageiros estão sendo retirados um a um do navio. “Eu estava com medo. Eu nunca experimentei nada tão assustador”, disse à emissora Janet Jacob, uma das passageiras que estava no primeiro grupo que foi resgatado.

A tensão não foi só no navio. Segundo ela, o helicóptero enfrentou ventos fortíssimos durante o trajeto, “como um tornado”, o que a fez “rezar pela segurança de todos”. De acordo com a imprensa norueguesa, a maioria dos passageiros é dos Estados Unidos e do Reino Unido.

Pouco depois dos problemas com o cruzeiro, que pertence à empresa Viking Ocean Cruises, outra embarcação que estava próxima também apresentou problemas, o que fez com que as autoridades do país tivessem de deslocar dois helicópteros para outro resgate. Segundo as equipes de resgate, as buscas devem perdurar por toda a madrugada.

Até agora não se sabe o número exato de passageiros que ainda estão a bordo do cruzeiro, que estava operando em uma viagem de 12 dias que havia começado no último dia 14. Às 19h de hoje (horário de Brasília), o Centro de Resgate Conjunto para o sul da Noruega havia informado a “CNN” que 115 pessoas haviam sido resgatadas. Segundo o órgão, ao menos oito dos passageiros resgatados apresentaram ferimentos leves.

Reprodução

Passageiros aguardando resgate em cruzeiro na Noruega Imagem: Reprodução

Cruzeiro à deriva

As autoridades da Noruega iniciaram neste sábado (23) o resgate de 1.300 passageiros de um navio de cruzeiro que sofreu uma avaria perto do litoral do país.

“O navio de cruzeiro ‘Viking Sky’ emitiu um SOS por problemas de motor, com mau tempo”, anunciou o centro de socorro no sul da Noruega por meio do Twitter. Em outra postagem, a polícia local informou que os 1.300 passageiros seriam levados à terra.

“O barco tem só um motor funcionando e os ventos são bastante fortes. Preferimos que as pessoas fiquem em terra do que a bordo do navio”, declarou à “AFP” o chefe de operações da polícia, Tor Andre Franck. “É perigoso ter problemas nos motores em águas que escondem numerosos recifes”, disse ele.

“O navio lançou âncora e um dos motores funciona. Está atualmente a cerca de 2 km da costa”, explicou Einar Knutsen, porta-voz do centro de resgate à emissora “NRK”.

*Com informações da AFP