/Chuva coloca SP em estado de atenção para alagamentos neste sábado

Chuva coloca SP em estado de atenção para alagamentos neste sábado

A forte chuva que cai na tarde deste sábado (6) em São Paulo colocou toda a cidade em estado de atenção para alagamentos, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura. O alerta terminou às 16h25. Às 16h50, sete pontos de alagamentos ainda estavam ativos na capital, mas todos transitáveis.

O Aeroporto de Congonhas opera por instrumentos desde as 14h52, segundo a assessoria de imprensa. Nestas condições, o piloto precisa ser habilitado e a aeronave homologada. Fica ao critério das empresas fazer o pouso. A LATAM informou que, devido às condições meteorológicas, dois voos da companhia foram alternados para os aeroportos de Campinas e Guarulhos

A circulação de trens da Linha 8–Diamante da CPTM está interrompida entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Lapa por conta de alagamento desde as 15h20. A companhia aguarda a água abaixar para retomar a operação.

Desde 15h15, o Corpo de Bombeiros informou que foi chamado para atender 19 ocorrências na capital e outras 10 na Grande São Paulo relacionadas à chuva. Nenhuma delas teve vítimas.

Um alerta chegou a ser emitido pelo CGE no bairro da Penha, na Zona Leste, devido ao transbordamento do Córrego Gamelinhas, na Avenida Dr. Bernanrdino Brito Fonseca de Carvalho. Ele foi encerrado às 14h28.

De acordo com o CGE, o calor e umidade na atmosfera estão gerando fortes áreas de instabilidade que se propagam da região Norte da Grande São Paulo em direção à capital. As chuvas mais intensas atingem parte do extremo Leste da cidade.

Público aguarda no gramado após shows do Lollapalooza serem interrompidos por risco de raios  — Foto: Fábio Tito/G1 Público aguarda no gramado após shows do Lollapalooza serem interrompidos por risco de raios  — Foto: Fábio Tito/G1

Público aguarda no gramado após shows do Lollapalooza serem interrompidos por risco de raios — Foto: Fábio Tito/G1

Lollapalooza interrompido

O festival Lollapalooza, que acontece no Autódromo de Interlagos, na Zona Sul, foi interrompido no início da tarde após a queda de raios na região.

O Corpo de Bombeiros determinou a evacuação da área e parte do público foi retirada. Os portões chegaram a ser fechados, mas voltaram a ser reabertos.

O festival espera retomar a programação por volta das 17h, assim que a chuva passar, segundo Fernando Altério, presidente da T4F, organizadora do Lolla, em entrevista ao Multishow.

“Há uma hora, a estacão meteorológica nos afirmou que tinha uma grande concentração de descargas elétricas aqui na região, prevista para 30 minutos e com fortes ventos.”

“Por conta disso, afastamos o público que já estava dentro, que eram 28 mil pessoas, das grandes estruturas dos palcos porque podem atrair descargas elétricas e, alinhados com a polícia militar, fechamos os portões”, explicou.

“A previsão é que isso dure até às 17h. Estamos agora fazendo com a prefeitura uma operação de guerra para trazer um número grande de ônibus da prefeitura para estender para até mais tarde porque o trem não tem como estender”. Altério se referiu ao horário de funcionamento dos trens da CPTM, que fecham a 1h aos sábados.

Chuva na tarde deste sábado na Vila Madalena, Zona Oeste de São Paulo  — Foto: Gabriela Gonçalves/G1 Chuva na tarde deste sábado na Vila Madalena, Zona Oeste de São Paulo  — Foto: Gabriela Gonçalves/G1

Chuva na tarde deste sábado na Vila Madalena, Zona Oeste de São Paulo — Foto: Gabriela Gonçalves/G1