/Saiba quem são as vítimas do temporal que atingiu o Rio

Saiba quem são as vítimas do temporal que atingiu o Rio

RIO — Até o início da noite desta terça-feira, havia a confirmação de dez pessoas pessoas mortas em decorrência das fortes chuvas que atingiram o Rio. A maioria das vítimas foram encontradas na Zona Sul do Rio. São elas: Guilherme Fontes, de 30 anos, na Gávea; As irmãs Doralice do Nascimento e Gerlaine do Nascimento, de 55 e 53 anos, respectivamente, no Morro da Babilônia; além de outro, Gilson Cézar Cerqueira, de 42 anos, que morreu na mesma comunidade.

Próximo ao shopping Rio Sul, morreram o taxista Marcelo Tavares, e as passageiras, a avó Lúcia Neves, de 63 anos, e a neta Júlia, de 7 anos. Em Santa Cruz, o Leandro Ramos Pereira, de 40 anos, morreu após ser eletrocutado. No mesmo bairro, outro homem, ainda não identificado, também foi encontrado sem vida na localidade do Antares. Em Guaratiba, um homem morreu afogado.

Na Gávea, o sushiman Guilherme Nascimento de Pontes, de 30 anos, morreu na Rua Marquês de São Vicente. Ele morava na comunidade Parque da Cidade, e havia saído de casa para comprar carne para um churrasco. Ele fez aniversário na quinta-feira, e aproveitou a folga para comemorar a data. O corpo de Guilherme foi arrastado pela correnteza e ele ficou preso debaixo de um carro.

Sushiman morre arrastado pela correnteza na Gávea durante o temporal
Sushiman morre arrastado pela correnteza na Gávea durante o temporal Foto: Reprodução

Em Botafogo, as três pessoas que estavam em um táxi atingida por um deslizamento de terras não resistiram. No interior do veículo, conduzido por Marcelo Tavares, estavam Lúcia Neses e a neta, Júlia.

Avó e neta estavam em táxi que foi soterrado
Avó e neta estavam em táxi que foi soterrado Foto: Reprodução

Na noite desta segunda, as duas pegaram o táxi em um shopping e estavam a caminho de casa quando o acidente aconteceu. O carro foi soterrado na Ladeira do Leme. Os corpos foram resgatados nesta terça-feira.

No Morro da Babilônia, morreram as irmãs Gerlaine do Nascimento, 53 anos e Doralice do Nascimento, 55 anos , soterradas após o desabamento de sua casa. O desabamento foi provocado por um deslizamento de terra e pela queda de uma árvore. As sirenes não tocaram na comunidade. Moradores tentaram ainda resgatar as vítimas — cerca de 40 pessoas conseguiram retirar Gerlaine, que já estava morta. Doralice, segundo testemunhas, também foi socorrida, mas não resistiu.

Gerlaine, uma das vítimas (à direita), ao lado da filha.
Gerlaine, uma das vítimas (à direita), ao lado da filha. Foto: Reprodução

Vizinho das duas, Gilson tentava ajudar no resgate e estava desaparecido desde então. Ele só foi encontrado horas depois. A retirada do corpo foi um momento de grande emoção na comunidade. Após a descida do Morro da Babilônia, os militares se abraçaram.

Em Santa Cruz, Leandro Ramos Pereira, de 40 anos, morreu na noite desta segunda-feira após ser eletrocutado tentando salvar móveis de sua casa durante a enchente que atingiu a cidade. Ele morava sozinho. Leandro chegou a ser levado para a UPA do Cesarão, mas já chegou morto ao local.

Leandro morreu após levar um choque durante temporal em Santa Cruz
Leandro morreu após levar um choque durante temporal em Santa Cruz Foto: Reprodução

No mesmo bairro, outro homem morreu. De acordo com o Corpo de Bombeiros, este caso aconteceu na localidade Antares. A vítima foi socorrida por moradores do bairro, mas não resistiu, acrescentou a corporação.

Em Guaratiba, um homem ainda não identificado estava numa ponte na Avenida Barão de Cocais, na esquina com a Rua São José dos Campos, no Jardim Maravilha, quando acabou se afogando com o alto nível da água.

A localidade, conhecida como Jardim Maravilha, está totalmente alagada desde que um rio da região transbordou devido às fortes chuvas.