/Thiago Neves alerta para fase do time do Cruzeiro: “A gente está jogando mal, isso abala um pouco”

Thiago Neves alerta para fase do time do Cruzeiro: “A gente está jogando mal, isso abala um pouco”

A derrota por 2 a 1 para o Emelec, no Mineirão, não tirou a classificação do Cruzeiro às oitavas de final da Copa Libertadores como primeiro do Grupo B. Mas provocou um forte alerta feito pelo meia Thiago Neves. O jogador cobrou melhor desempenho do time. Segundo ele, a queda de produção já vem de algumas partidas. Questionado se a equipe chega ao mata-mata com moral e entre os favoritos, o meia disse:

– Não sei se a gente chega (às oitavas) com moral, é óbvio que entre os primeiros, mas entre a gente está jogando mal, isso abala um pouco. Precisa melhorar muita coisa. Mata-mata é uma competição diferente, é um jogo que você não pode errar, senão, em cinco minutos, você é eliminado, em um minuto. A atenção tem que ser dobrada.

“Hoje foi um jogo muito abaixo do que a gente joga, pela qualidade que tem o elenco. A Libertadores, às vezes, quando você dá uma relaxada, acontece o que aconteceu hoje”

Thiago Neves, do Cruzeiro, entrou no segundo tempo do jogo contra o Emelec — Foto: Vinnicius Silva/CruzeiroThiago Neves, do Cruzeiro, entrou no segundo tempo do jogo contra o Emelec — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Thiago Neves, do Cruzeiro, entrou no segundo tempo do jogo contra o Emelec — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

O Cruzeiro estava invicto na temporada até perder para o Flamengo, por 3 a 1, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Depois, a Raposa venceu Ceará (1 a 0) e Goiás (2 a 1), também pelo Nacional, com dificuldades. E foi derrotado nesta quarta-feira pelo Emelec.

– Já vem há alguns jogos fazendo muita força para tentar jogar o que a gente sabe. A gente vem jogando bem abaixo do que pode jogar. Precisamos melhorar, está nítido em campo. É só treinando, trabalhando.

Sobre a parceria com Rodriguinho, uma das principais contratações do Cruzeiro para a temporada, o meia Thiago Neves prevê ajustes a serem feitos. A dupla jogou junta por alguns minutos, sempre no decorrer das partidas. O técnico Mano Menezes quer usar o recesso para a Copa América, em junho, para acertar o time com a alternativa de escalar Thiago Neves e Rodriguinho.

– É difícil (acertar já). Eu jogo 20 minutos, 25. O tempo que fico em campo, eu já conheço o Rodriguinho pelo treino, pelo jeito que ele joga. Tem muita qualidade. Também posso ajudar ele na armação, mas é adaptação. Para mim, está sendo difícil, porque vou ter que me adaptar em uma nova função, para todo mundo vai ser um pouco difícil. Mas todos são inteligentes, experientes e, se tiver de mudar coisa, vamos dar um jeito.