/Moro terá prova de fogo em depoimento nesta quarta-feira no Senado

Moro terá prova de fogo em depoimento nesta quarta-feira no Senado

BRASÍLIA — Com quase seis meses de governo, o ministro da Justiça,
Sergio Moro
, terá uma prova de fogo na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado a partir das 9 horas desta quarta-feira. Habituado a interrogar durante os 23 anos que foi juiz federal, Moro deverá ser duramente questionado
sobre matérias
do site
The Intercept
que atribuem a ele e ao procurador
Deltan Dallagnol
mensagens trocadas por aplicativos de mensagens sobre casos da
Lava-Jato
, inclusive sobre o processo do triplex contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A audiência com o ministro, que já era vista como um dos mais fortes embates entre governo e oposição, deve se tornar ainda mais intenso depois das informações divulgadas na noite desta terça-feira de novos trechos apontando que, em um diálogo com Dallagnol,
Moro reclamou de um procedimento que poderia prejudicar o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso
, um “apoiador importante” da Lava-Jato.

Moro, no entanto, não estará sozinho. Apesar das fraturas na base governista, alguns senadores estão se articulando para fazer a defesa do ministro. Os dois lados, oposição e aliados de Moro, cantam vitória, mas o resultado do embate é imprevisível. Isto porque, embora a maioria da CCJ não morra de amores pelo ministro, vários senadores têm receio de entrar em choque com Moro que, conforme recentes pesquisas, ainda mantém elevada popularidade.